Ficha de Inventário

Capela dos Milagres

  • Museu: Museu Quinta das Cruzes
  • Nº de Inventário: MQC 1084.73
  • Super Categoria: Arte
  • Categoria: Desenho
  • Autor: SMITH, Emily Geneviève (-)
  • Datação: 1842
  • Suporte: Papel
  • Técnica: Desenho a lápis negro
  • Dimensões (cm): Alt. 19,1 x Larg. 26,9
  • Descrição: Capela com portal em arco quebrado encimado com inscrição da data "1776", onde se destaca na fachada do lado direito uma pia de água benta e na fachada do lado esquerdo a torre sineira. Na frente da capela um pequeno murete onde se encontram pousados alguns tecidos; no interior do murete estão duas figuras. Fora do murete, do lado esquerdo, destacam-se mais três figuras, das quais uma se encontra de pé (de costas) e as outras duas estão sentadas; todas usam carapuças. A restante composição é preenchida por profusa vegetação.
  • Origem/Historial: Ilha da Madeira. Inglaterra. O desenho integrou originalmente o álbum "Sketches by Emily Geneviève Smith". Deste álbum encontram-se no Museu Quinta das Cruzes 98 desenhos e a capa do referido álbum (mqc 1084). O desenho apresenta duas datações: na frente no canto inferior direito a datação "April.5.1841" e no verso no canto superior esquerdo "April 5. 1842". A datação adoptada para esta peça foi a que se encontra no verso, uma vez que Emily Geneviève Smith, autora do álbum de desenhos onde esta peça se insere, apenas chegou à Ilha da Madeira em Outubro de 1841. No entanto, se a datação que se encontra na frente for a correcta trata-se do desenho de um outro autor desconhecido, hipótese que não se encontra afastada. Na antiga ficha de inventário de cartão possui a indicação de que a capela representada é a Capela dos Milagres. Foram analisadas duas capelas na Ilha da Madeira que ostentam essa denominação: a Capela de Nosso Senhor dos Milagres, em Machico, e a Capela de Santo António dos Milagres, na Calheta. De acordo com a informação disponibilizada pela DGEMN [ver Bibliografia], não se trata da representação da capela de Machico, sendo que esta apresenta um óculo de cantaria na fachada. No entanto, poderá tratar-se da capela dos Milagres da Calheta, residindo a diferença no alpendre de construção posterior que agora apresenta, e que à época do desenho poderia ainda não estar edificado (ver Bibliografia).
  • Incorporação: Aquisição Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal / 1952

Bibliografia

  • "Capela de Nosso Senhor dos Milagres". N.º IPA PT062204030002. Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana [www.monumentos.pt]
  • "Capela de Santo António dos Milagres". N.º IPA PT062201020011. Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana [www.monumentos.pt]
  • HOE, Susanna - Madeira. Women, history, books & places. Oxford: Holo Books, 2004
  • SMITH, Margaret - From Victorian Wessex The Diaries of Emily Smith 1836,1841,1852. Norwich: Solen Press, 2003

Exposições

Multimédia

  • 17.2_mqc 1084_73.jpg

    Imagem