Ficha de Inventário

Wreck of the American Brig "Créole" (a slaver) during the great Storm at Madeira in 1842

  • Museu: Museu Quinta das Cruzes
  • Nº de Inventário: MQC 1084.94
  • Super Categoria: Arte
  • Categoria: Desenho
  • Autor: SMITH, Emily Geneviève (-)
  • Datação: 1842
  • Suporte: Papel
  • Técnica: Desenho a aguada, tinta castanha e policromia
  • Dimensões (cm): Alt. 26,7 x Larg. 37,5
  • Descrição: Naufrágio do brigue "Créole" durante a tempestade de 1842. Em primeiro plano, destaca-se um mar revolto onde navega a embarcação "Créole" de velas rasgadas e onde se vislumbram dois tripulantes. No lado esquerdo, destaca-se um conjunto de habitações. No centro da composição ergue-se um maciço rochoso encimado por uma habitação. No lado direito, surge a cidade do Funchal com a praia, o Palácio de São Lourenço e um pouco atrás a torre da Sé e o Pilar de Banger. Na praia é possível vislumbrar uma embarcação naufragada.
  • Origem/Historial: Ilha da Madeira. Inglaterra. O desenho integrou originalmente o álbum "Sketches by Emily Geneviève Smith". Deste álbum encontram-se no Museu Quinta das Cruzes 98 desenhos e a capa do referido álbum (mqc 1084). Esta peça saiu para o gabinete do Vice-Presidente da extinta Junta Geral a 8 de Fevereiro de 1974. Esteve no Palácio do Governo (tesouraria) até 1999, data em que regressou ao Museu, através do Chefe de Gabinete do Secretário Regional do Turismo e Cultura. O tema representado reporta-se a uma forte tempestade que ocorreu na Madeira em 1842, da qual resultaram grandes inundações e a destruição de muitos dos barcos que se encontravam no porto do Funchal. A tempestade começou com fortes chuvas a 15 de Outubro de 1842, que cessaram, parcialmente, a partir do dia 24; no entanto no dia 26 levantaram-se fortes ventos que levaram ao naufrágio de cinco barcos que se encontravam ancorados no porto da cidade: o brigue americano "Creole", o veleiro britânico "Wave", o veleiro português "Beijinho", o brigue londrino "Dart" e o veleiro da Sardenha "Gloria Madre Esperanza". O brigue "Creole" era um barco relacionado com o negócio de tráfico de escravos e que em 1841 se tornou conhecido por uma revolta a bordo dos escravos que resultou num intrincado problema diplomático entre os Estados Unidos e a Inglaterra. Esta embarcação poderá tratar-se do brigue "Dart", também representado pela autora Emily Geneviève Smith noutros dois desenhos (MQC 1084.10 e MQC 1084.74).
  • Incorporação: Aquisição Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal / 1952

Bibliografia

  • "Storm at Madeira". In New Zealand Colonist and Port Nicholson Advertiser. Vol. I. Issue 84: 19 May 1843
  • HOE, Susanna - Madeira. Women, history, books & places. Oxford: Holo Books, 2004
  • SILVA, P.e Fernando Augusto da; MENESES, Carlos Azevedo de - "Aluviões" in Elucidário Madeirense, volume I, 4ª ed.. Funchal: ed. Secretaria Regional da Educação e Cultura, 1978
  • SMITH, Margaret - From Victorian Wessex The Diaries of Emily Smith 1836,1841,1852. Norwich: Solen Press, 2003

Exposições

Multimédia

  • 24_mqc 1084_94.jpg

    Imagem